Estudos

O desenvolvimento intelectual dos nossos filhos por meio dos estudos e do aprendizado escolar é uma das principais preocupações dos pais e mães na sociedade atual, seja porque acreditam que por meio do conhecimento conseguirão uma carreira de sucesso ou mesmo uma profissão que lhe tragará paz e felicidade.

Esse não será o ponto da discussão nesse artigo. Nós vamos falar em como podemos e devemos reforçar nos nossos filhos esses conceitos diariamente. O motivo pelo qual os Pais querem que a criança estude será discutido mais adiante. Vamos começar do inicio…

É bem possível que seu filho passe um período do dia na escola e alguns outros no inglês, reforço escolar, aulas de robótica, computação, games, enfim a disponibilidade de aulas extracurriculares são enormes.

A questão é que devemos acompanhar os nossos filhos no desenvolvimento dos seus estudos, entender o que eles estão aprendendo e qual o resultado disso para eles não para nós. Vamos ao exemplo abaixo que ocorreu num restaurante em Fortaleza-CE.

Num restaurante o Pai e dois filhos (5 e 7 anos) estão conversando.

A conversa já vinha sendo desenhada em torno de salários e carreiras e claramente o pai estava tentando inserir nos meninos conceitos importantes como: determinação e foco nos estudos.

O diálogo foi o seguinte:

Filho (7 anos): Tá pai e aí como ele ganhou esse dinheiro?

Pai: É porque ele trabalha numa empresa grande e tem um bom cargo.

Filho: Qual cargo?

Pai: Ele tem um cargo de Diretor (nessa hora o pai vê a oportunidade de inserir os conceitos no filho) e ele ocupa esse cargo porque estudou muito e se dedicou bastante.

Filho: Pai e você ganha bem?

Pai: Filho, papai ganha bem sim.

Filho: E qual o seu cargo?

Pai: No caso do papai é que eu sou empresário.

ESTUDOS3.jpg

E depois começou a se justificar como se isso não fosse o ideal e que na verdade ele deveria ser diretor de alguma empresa.

Pronto! Criou-se uma confusão na cabeça da criança que começa a pensar: eu não posso ser igual ao meu pai que é o meu herói, a minha referência, e que ganha bem. Eu preciso estudar e ser diretor. Afinal o que eu vou fazer?

O que vocês acham que essa criança vai escolher?  Acreditam que o conceito do estudo foi passado corretamente?

Nesse caso o Pai começou a inserir conceitos importantes como a necessidade de se dedicar aos estudos com foco e determinação, mas ao utilizar a si mesmo como exemplo acabou por passar os seus medos em relação a profissão que escolheu para si.

Em todas as profissões existem altos e baixos e sempre vamos ter medo e iremos superar obstáculos, seja um diretor ou empresário. Um empreendedor bem sucedido também precisa estudar muito e ser bastante persistente e atento às mudanças do mercado.

Lembre-se que os nossos medos não devem ser os dos nossos filhos, que podemos fazer justamente ao contrário, que é identificar aquilo que nos paralisa ou nos bloqueia para determinada ação, e a partir daí reforçar conceitos e crenças potencializadoras nos nossos filhos.

Veja o que faria diferente nesse diálogo e deixe o seu comentário.