Pais no Cinema

Vocês já reparam que os últimos filmes (pelo menos os que tenho visto) falam sobre a relação entre Pais e filhos. De uma forma ou de outra sempre está presente e com uma mensagem que demonstra a importância dessa relação.

Vamos aos exemplos dos últimos dias:

Batman Lego: mostra (de forma divertida e irônica) como mesmo sendo um super-herói (e afinal que são os Pais) com todos os poderes possíveis e capaz de derrotar qualquer inimigo pode sucumbir aos desafios de uma relação Pai e Filho.

Logan: Pai e filha que praticamente não tiveram relação nenhuma. Se conheceram a primeira vez após anos e ele não se reconhece nela (nesse caso ele nem se reconhece nele). Após um doloroso convívio (exposição de medos e crenças dele que estão nela) ele encontra paz e tranquilidade na jornada dela.

A Cabana: Relação Pai e Filha em que ele precisa lidar com sentimentos a respeito de si mesmo para se desapegar da parte material da relação, para que possa perdoar e descobrir a essência da vida.

– Guardião das Galáxias 2: É isso mesmo…nele também!! Aliás, o filme todo retrata uma relação conturbada entre Pai e filho e mostra como pode ser bonita quando construída com presença e atenção e o quanto é dolorosa quando existe só interesse em transformar o filho naquela pessoa que o Pai não foi na vida.

Aqueles que viram os filmes ou algum deles, perceberam a relação entre Pais e Filhos? E quais lições ficaram para vocês?